terça-feira, 29 de junho de 2010

Deficiências ...


Deficiências
"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.
"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só têm olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.
"Diabético" é quem não consegue ser doce.
"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.
E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:
"Miseráveis" são todos que não conseguem enxergar a grandeza de Deus.
"A amizade é um amor que nunca morre."

Mário Quintana

"A amizade é um amor que nunca morre."

domingo, 13 de junho de 2010

E.B.A.? ... ÊBAAAA!!!

video

Fugindo ao nome do Blog, E.B.A. não é ÊBA, só para lembrar que recordar é viver, aqui está um pouco do que nos impulsionava a ficar integralmente em uma faculdade, onde muitas vezes ficávamos mais tempo com nossos amigos que em nossas próprias casas. E no meio a tanta correria entre aulas e entrega de trabalhos, nos sobrava tempo para VIVER, que é muito mais que existir!!!
Além da formação que recebíamos, também formávamos amigos.
Lembranças de um tempo bom... festas, jogos, sinuca, mangue (vulgo Búzios), trotes. Tudo que pode deixar a vida mais alegre e feliz!!!
Hora mesclada com muito estudo, hora de descontrair ...
Hoje formados, temos a certeza que nada foi em vão.
Trabalhamos e tentamos manter os laços da amizade que ali foram feitos.

É impossível viver sozinho!!!

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Amiga Professora

Revirando o baú da memória lembrei da minha infância, onde passei por diversas professoras, cada uma deixou um pouco de si em mim, em minha formação. Mas não esqueço o dia em que, meu grupo de amigas mais ou menos 20 meninas, homenageamos nossa professora da 4º série com esta música. Professora Claudia!!!

Amiga Professora
Carrossel
Foi você
Que ensinou
O que hoje sei
Me mostrou
O caminho
E como fazer
Para ser feliz
Tudo fica tão bom
Doce como mel
Faz a escola
Até parecer
Um pedacinho
Do céu
Toda vez
Que eu precisei
Você me deu a mão
Sempre abrindo
Seu coração
Por isso
Eu amo você

Refrão (2x):
Professora
Por que é que tem
Que ser assim?
Num ano
Me ensina tudo
E no outro ano
Te afastam de mim
Professora
Que corrige
Os meus erros
Me ensina
A dizer te amo
Mas não me ensina
O que é adeus.

video

Obrigada por cada um dos professores com quem tive aula... hj sou o reflexo de tudo que vocês me ensinaram!!!

Contrato de Professora -1923

CONTRATO DE PROFESSORA - 1923
Este é um acordo entre a Senhorita____________, professora, e o Conselho de Educação da Escola_____, pelo qual a Senhorita___, concorda em ensinar por um período de oito meses, começando em 1 de Setembro de 1923. O Conselho de Educação concorda em pagar à Senhorita______________ a soma de 75 dólares por mês.
A Senhorita concorda com as seguintes cláusulas:
1. Não se casar. Este contrato torna-se nulo imediatamente se a professora se casar.
2. Não andar em companhia de homens.
3. Estar em casa entre as oito horas da noite e as seis da manhã, a menos que esteja assistindo a alguma função da escola.
4. Não ficar vagando pelo centro em sorveterias.
5. Não deixar a cidade em tempo algum sem a permissão do presidente do Conselho de curadores.
6. Não fumar cigarros. Este contrato torna-se nulo imediatamente se a professora for encontrada fumando.
7. Não beber cerveja, vinho ou uísque. Este contrato torna-se nulo imediatamente se a professora for encontrada bebendo cerveja, vinho ou uísque.
8. Não andar de carruagem ou automóvel com qualquer homem exceto seu irmão ou pai.
9. Não vestir roupas demasiadamente coloridas.
10. Não tingir o cabelo.
11. Vestir ao menos duas combinações.
12. Não usar vestidos mais de duas polegadas acima dos tornozelos.
13. Conservar a sala de aula limpa.
a) varrer o chão da sala de aula ao menos uma vez por dia.
b) esfregar o chão da sala ao menos uma vez por semana com água quente e sabão.
c) limpar o quadro-negro ao menos uma vez por dia.
d) acender a lareira às 7 horas da manhã de forma que a sala esteja quente às 8 horas quando as crianças chegarem.
14. Não usar pó no rosto, rímel, ou pintar os lábios."

É... e ainda tem gente que reclama da profissão hoje...

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Contos de Fadas para professores do séc. 21!!!

Um conto de fadas para professores enfadados...
Poderíamos comparar as escolas de hoje como um grande conto de fadas invertido. Aqui os "bonzinhos" são professores que se isentam do real papel de educador (orientador de seus formandos), cabendo aos demais o papel de "mau", àqueles que buscam cumprir um bom desempenho. Assumindo o papel de lobo mal, invertido, já que o bom professor seria aquele que busca OUVIR MELHOR, VER MELHOR...
Sempre ouvi dizer que só ama aquele que corrige seus filhos. Na sala de aula o mesmo deveria ocorrer, porém são aqueles ditos professores "bonzinhos" que fingem que educam, enquanto seus alunos fingem que aprendem que obtém prestigio diante de pais e alunos, deixando a VIDA o cargo de ensinar aquilo que lhes foi subvertido ao longo de sua construção enquanto formação.
Então nossa história ficaria mais ou menos assim:
Era uma vez uma linda professora que perguntou a sua diretora:
- Posso educar?
Ela respondeu:
- NÃO!
A professora assim o fez, passava seus deveres, passava suas atividades e provas. Pouco reclamava, pouco chamava atenção; afinal o aluno sempre tinha razão. Quando um aluno conversava durante a aula não chamava a atenção, pouco falava. O aluno tinha o direito de não aceitar/fazer o que a professora pedia; afinal seus pais estavam pagando a escola.
E assim foram os dias de aula...
O aluno cresceu, mal sabia seus deveres, só lembrava-se de seus direitos. Teve dificuldades de entender as responsabilidades que todo adulto tem, pois não se constrói nada sem EDUCAÇÃO!!!

EDUCAR é muito mais que ensinar a ler e a escrever, é construir um cidadão apto a seguir enquanto adulto. Conhecimentos no âmbito de uma comunidade em que estamos imersos. Todos esses aspectos que nos envolve, enquanto adultos, são distinções no processo fundamental que nós próprios somos: um erguer e um puxar, um indicar, um indicar de possibilidades, um mostra de mundos, um incentivar, e ajudar, um responsabilizar, autonomizar e cuidar. Educar é abrir, é erguer, é questionar, é duvidar e ensinar a duvidar, é ser modesto em saber ajudar.

Frases de alunos!!!

Aluno diz cada coisa...
Que professor nunca ouviu:

- Apaga NÃO professor, "tô" copiando!
Ow professor, apaga ai não pera ai "tô" copiando. aff apaga não... eu tava ali....

- Tomara que o professor falte!

- Poxa professora, faltei por motivos de força maior... (semana passada justamente quando fez um dia bem ensolarado), aceita aí meu trabalho...
Obs.: E o que seria motivo de força maior?? :/

- Não estava dormindo, estava me concentrando...

- Pode deixar, não vou copiar igual. Vou mudar as palavras do texto!

- Eu não estava colando, eu juro! Só fui pegar a borracha...

- Eu não colo, tiro dúvidas...

Incrível a capacidade de criar desculpas para tudo que fazem e dizem...

Contudo isso "o professor só pode ensinar quando está disposto a aprender..."
Janoí Mamedes